Um mito chamado Rock

Pode ser que esse não seja o blog mais apropriado pra falar sobre isso, o Natan vai me demitir, mas eu devo assumir os riscos.

O título desse post não é porque eu vá louvar o rock como um deus da mitologia nórdica, mas é porque o rock está ficando cercado de lendas urbanas, vamos desmistificar algumas.

Roqueiros são violentos:

Um amigo meu certa vez filmou em torno de 30 minutos do carnaval aqui na Bahia de cima do apartamento de um amigo dele, depois, mesmo sabendo que eu abomino o pagode(atitude que preciso tirar de mim e ser mais tolerante com os gostos das pessoas) veio me mostrar o vídeo, a intenção dele não era mostrar as "músicas" e sim mostrar as brigas que ocorreram nesse pequeno intervalo de tempo. Violência há em todos os lugares, com pessoas que escutam qualquer tipo de música. Inclusive, tenho frequentado movimentos de punk rock, entro nas rodas, troco empurrões e socos ao som pesado da guitarra e quando a musica acaba estamos todos sorrindo, isso não é violencia, é a nossa forma de curtir o momento.

Roqueiro só veste preto:

O animal que disse isso, com certeza não entende nada de rock, alguém aí viu alguma pessoa de preto em Woodstock? Existem estilos dentro do rock que tem a preferencia pelo preto, existem pessoas que gostam mais de usar preto mesmo não sendo roqueiras, mas, também existem idiotas que se dizem "trues" e acham que devem vestir preto até quando está fazendo 50 graus na sombra, essas mesmas pessoas costumam achar que só se pode gostar de um estilo dentro do rock, normalmente o metal(que é um estilo que adere, e combina mais ao preto), e acham que pra ser fã é necessário saber até a cor da cueca preferida do vocalista da banda.

Todo roqueiro é satanista:

Vem cá, quem disse que Satã escolheu um estilo musical pra ser louvado? Sabe lá se algum cantor de axé não é chegado em cultuar um bode preto, beber sangue de galinha. É tudo uma questão de religião e crença, somos livres, eu sou chamado de ateu o tempo todo, nem por isso perdi minha fé, só não gosto de entrar em templos, sejam eles de qualquer religião. Acho que isso não é mais que uma junção de preconceito musical com preconceito religioso. Existem bandas como o Iron Maiden com musicas na linha de "The number of the beast", ou Metallica com "The Judas kiss", que ao ler o título pode-se pensar num evidente "anti-cristismo" mas ao ler a música e entender o contexto em que foi escrita compreende-se que não tem nada de satanista.

Eu poderia me extender bem mais aqui, porém, não tenho tempo e acho que isso já serviu pra passar o que eu queria, se você curte algum dos estilos musicais citados aqui, antes de comentar ofensivamente pensando em criar uma flamewar saiba que citei apenas como exemplos, não quis exaltar o rock nem diminuir outros estilos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Clique e Confira!

 
Layout desenvolvido por @adriano_w Copyright © 2011 Te pego as 12